"Quando os pés tem fome de liberdade, deixa voar..."

Páginas

on quinta-feira, 27 de maio de 2010


''A verdade é que ainda hesito em dar um nome àquilo que ficou, depois de tudo. Porque alguma coisa ficou. E foi essa coisa que me levou há pouco até a janela onde percebi que chovia e, difusamente, através das gotas de chuva, fiquei vendo uma roda-gigante. Absurdamente. Uma roda-gigante. Porque não se vive mais em lugares onde existam rodas-gigantes. Porque também as rodas-gigantes talvez nem existam mais.''

(Caio F.)

5 comentários:

Lia Araújo disse...

oh que lindo!
Caio sempre me emociona!

Gabii Assis disse...

a mim tmb....

Sil.. disse...

Aiiii Gabii, tudo que eu leio do Caio me emociona tantoooo!!
Sempre gosto de passar aqui, nesse canto tão lindoooo.
Tem uma energia linda aqui!
Um abraço grande!

Leo disse...

Caio é pura emoção, quero ir na roda gigante, vamos?

Beijos!

Lilian disse...

Amo o Caio =*

Postar um comentário

Obrigada pela visita.♥´¯`*•.¸¸ઇ‍ઉ
ღ¸.•*•.¸... volte sempre!